Relatório Oxfam aponta crescimento da desigualdade

Atualizado: 11 de Fev de 2019

A Oxfam lançou, na véspera do Fórum Econômico Mundial de 2019 realizado em Davos (Suíça), o relatório global "Bem Público ou Riqueza Privada?" que faz um levantamento sobre a desigualdade no Brasil e no mundo. O documento foca nos temas concentração de patrimônio, controle de bens e investimentos em saúde e educação. Entre os principais dados apresentados pelo relatório está o que aponta que “uma taxa extra de apenas 0,5% sobre a riqueza dos bilionários que fazem parte do 1% mais rico do planeta arrecadaria mais do que o suficiente para educar as 262 milhões de crianças que estão fora da escola hoje no mundo, e também providenciar serviços de saúde que poderiam salvar a vida de mais de 3 milhões de pessoas”. Outro dado preocupante revela que o número de bilionários duplicou desde a crise financeira de 2007-08 e que a fortuna dos bilionários do mundo aumentou 12% em 2018 (US$ 900 bilhões), enquanto que a metade mais pobre do planeta (3,8 bilhões de pessoas) viu sua riqueza reduzida em 11%.

O relatório está disponível no link: https://bit.ly/2CD3jGE



0 visualização0 comentário